Notícias


Mato Grosso defende revisão na dosagem de calcário


Os parâmetros sobre doses de calcário agrícola precisam de revisão. Estudos realizados por pesquisadores apontam que parte das ações envolve quantidades menores do que as realmente necessárias para a correção da acidez do solo.

A conclusão vem de parcerias realizadas pelo Sindicato das Indústrias de Extração do Calcário de Mato Grosso (Sinecal-MT) com grupos de pesquisa. Kassiano Riedi, presidente do sindicato, cita a ampliação dos resultados de produtividade a partir das novas recomendações.

O estado consome perto de 10 milhões anuais do corretivo. Durante entrevista, Riedi lembrou dos excelentes números vindos de propriedades agrícolas onde a aplicação do calcário já faz parte das práticas básicas.

Clique aqui e veja a entrevista.


Data: 20/07/2020
Fonte: Assessoria de Imprensa - Abracal
Voltar


Rua 3, nº 1.896 - Centro
Rio Claro/SP - CEP: 13.500-162
Telefone (0xx19) 3524-3509
E-mail: abracal@terra.com.br